TCE inicia fechamento dos Processos de Acompanhamento da Gestão de 2017

Geração de mais de 3 mil relatórios de Acompanhamento da Gestão e emissão de mais de 2 mil alertas a gestores públicos, em 2017. Estes foram números apresentados pelo presidente do Tribunal de Contas do Estado, conselheiro André Carlo Torres Pontes, quando da abertura, na manhã desta terça-feira (9), de encontro com integrantes dos quadros técnicos da instituição.

Realizada na Sala de Sessões da Corte a reunião, que serviu à discussão do fechamento do Acompanhamento da Gestão Pública atinente ao exercício passado, também propiciou o agradecimento do conselheiro André Carlo pelos resultados já alcançados e sua conclamação à equipe técnica do TCE ao esforço coletivo para a superação das próximas metas.

Ele acentuou o aprimoramento das atividades do Tribunal, ao cabo de gestões sucessivas, atribuindo o fato à especialização e qualificação dos servidores. “Mais do que de tecnologia e equipamento nosso êxito depende da nossa gente. O que fizemos, no ano passado, foi estabelecer normas e regras”, disse. Previu, depois disso, “uma trajetória mais tranquila em 2018”, em razão do percurso por rotas e caminhos já conhecidos.

O prazo para fechamento do Acompanhamento da Gestão/2017 vai se expirar no próximo dia 28. Também participante do encontro, o coordenador do Comitê Técnico do TCE Luzemar Martins explicou: “Entenda-se por este fechamento o volume de relatórios prévios de Auditoria entregue aos relatores dos Processos de Acompanhamento da Gestão para julgamento”.

O encontro com auxiliares e auditores de contas públicas ainda teve as participações do diretor geral Raimar Redoval de Melo, do diretor de Auditoria e Fiscalização Francisco Lins e do chefe da Assessoria Técnica do TCE Ed Wilson de Santana.

Ascom/TCE-PB

09 012 17.

Compartilhe: