Políbio Alves lança livro e documentário no Centro Cultural do TCE-PB

Na noite desta sexta-feira (11), às 19h, no Centro Cultural Ariano Suassuna, do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, o poeta e escritor Políbio Alves lança o livro “A Leste dos Homens”.

A obra é um testemunho inusitado e corajoso de quem sobreviveu aos cárceres clandestinos, à morte, à tortura, à fome e à sede durante o Regime Militar (1964-1985). O livro também é uma visão de Cuba antes da Revolução Socialista, na maior Ilha do Caribe. Poeta de escritos com fundo social, Políbio confessa: “Somente através de uma consciência política, é que eu acredito na humanidade”.

“A leste dos homens”, foi publicado primeiro em espanhol, em Cuba, no mês de novembro de 2016. A obra integra uma trilogia que conta com os livros “A Traição de Hemingway” (romance) e “La Habana Vieja: olhos de ver” (poesia).

Na ocasião, também será lançado o documentário “Eis aí, o poeta!”, do publicitário Hélio Costa. A obra é o resultado de uma série de entrevistas realizadas com o escritor Políbio Alves. Ao longo do vídeo, o autor conta sua história e os momentos que viveu no Regime Militar.

Para o diretor do Centro Cultural do TCE-PB, Flávio Sátiro Filho, o lançamento do livro de Políbio no Tribunal de Contas faz parte da programação anual do CCAS e deve atrair um bom público tendo em vista os inúmeros admiradores e amigos do autor. “Faz parte da programação literária, dentro de uma séria de atividades outras em favor da cultura, tais como as artes plásticas, a música e a dança, dentro das diretrizes traçadas pelo Conselheiro André Carlo Torres Pontes no sentido de que o Centro Cultural tenha uma atuação permanente em favor da cultura paraibana e seja elo entre o TCE e a sociedade paraibana”, disse.

SOBRE O AUTOR – Políbio Alves dos Santos nasceu em 1941 na capital da Paraíba. Ficcionista e poeta, é formado em Ciências Administrativas. Desde l974 possui o título de Cidadão Carioca, onde viveu por mais de 15 anos. Literário da Tribuna da Imprensa, anos 60/70, tem trabalhos em antologias e periódicos, nacionais e em outros países como Estados Unidos, Alemanha, Portugal e Cuba. É verbete da Enciclopédia de Literatura Brasileira, de Afranio Peixoto e J. Galante de Sousa. Detém vários prêmios literários, alguns internacionais. Recebeu a Medalha Poeta Augusto do Anjos, da Assembleia Legislativa da Paraíba – 2001 e a Comenda Cidade de João Pessoa, da. Câmara Municipal da capital paraibana – 2002. Foi editor da revista Presença Literária (de 1983 a 1985).

 

SERVIÇO:

TCE-PB – Centro Cultural Ariano Suassuna

Rua Prof. Geraldo Von Sosthen, 147, Jaguaribe – João Pessoa (PB)

Estacionamento próprio

Informações: 83 3208-3545/ 3546/3547

 

(10/08/2017)

Compartilhe: