Professor faz palestra sobre ética no TCE-PB e diz que ação de políticos corruptos é assunto de Polícia

O que tem acontecido na política em nosso País não é uma questão de ética, mas talvez de psiquiatria ou mesmo caso de Polícia. Observou o professor doutor Roberto Markenson, ao proferir palestra na manhã desta sexta-feira (20), no auditório do Centro Cultural Ariano Suassuna, sede do Tribunal de Contas da Paraíba. Sob o tema “Vamos Conversar Sobre Ética”. Para ele, nesse contexto, a ética é um tema da Filosofia, tratada ao lado do conhecimento, da verdade e do agir.

O professor proferiu a palestra, ao lado do Procurador do TCE, Professor Marcílio Toscano Franca Filho, que também foi mediador dos debates. Ele fez a apresentação do palestrante, que é graduado em Filosofia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro, PhD pela Sorbone (França), doutor em Filosofia pela universidade de Louvain (Bélgica), Roberto Markenson prioriza em suas pesquisas abordagens de temas relacionados à cultura, história, e subjetividade.

Aberta ao público e destinada aos membros e servidores do TCE-PB, o evento foi patrocinado pela Escola de Contas Conselheiro Otacílio Silveira – Ecosil, sob a coordenação do conselheiro Marcos Antônio Costa.

Na explanação, o professor falou da trajetória histórica da Ética, abordando a ética no âmbito da civilização ocidental, lembrando a evolução dos tempos que contempla a junção de pensamentos das culturas grega e judaica. Hoje vivemos uma civilização ocidental, resultado da junção de tradições, ou seja, um encontro cultural grego/judaico, observou ele, ao separar as ações dos políticos, quando o assunto é ética. “os políticos são sociopatas. É uma questão de psiquiatria”.

Com atuação em diversas instituições de ensino superior nacionais, entre as quais as universidades federais da Paraíba, Pernambuco e Minas Gerais, ele trabalhou, entre 2008/2016, como Professor-pesquisador do Curso de Mestrado em Direito, Universidade Presidente Antônio Carlos (UNIPAC), Juiz de Fora. E, ano passado, como Docente Colaborador do Programa de Pós-Graduação em Direito, Faculdade de Direito, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte.

 

Ascom TCE-PB

20/10/2017

Compartilhe: