TCE-PB aprova voto de pesar pelo falecimento da jornalista Goretti Zenaide

O Tribunal de Contas da Paraíba aprovou, à unanimidade, em sessão plenária desta quarta-feira (02), voto de pesar pelo falecimento da jornalista e colunista social Goretti Zenaide, ocorrido na manhã da última segunda-feira (31), no hospital Napoleão Laureano. Ela faleceu aos 67 anos, vítima de parada respiratória ocasionada por um câncer de pulmão contra o qual lutou durante cerca de três meses.

Autor da propositura, o conselheiro presidente André Carlo Torres Pontes primeiro destacou, na sessão, a formação acadêmica de Goretti Zenaide: a diplomação em Jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica-PUC Rio de Janeiro-, cidade onde morou e trabalhou por 15 anos, e a graduação em Design de Moda pelo Centro Universitário de João Pessoa-Unipê.

Em seguida, o conselheiro lembrou a destacada atuação da jornalista na imprensa paraibana, a partir de 1986, com passagens pelos jornais O Momento,  O Norte e A União, este último onde mantinha coluna social diária até antes de se internar para exames e tratamento da doença.

O conselheiro Arhtur Cunha Lima fez questão de registrar, por sua vez, “a correção e dedicação profissional” que testemunhou quando pode contar com a jornalista em sua equipe de assessores durante o período em que presidiu a Assembleia Legislativa da Paraíba.

Goretti Zenaida também se dedicava a causas sociais e humanitárias, principalmente mobilizando segmentos da sociedade para o apoio e a solidariedade aos idosos carentes. Chegou, inclusive, a dirigir o abrigo do AMEM – Associação Metropolitana de Erradicação da Mendicância – sediada em Cabedelo.

 

Ascom/ TCE-PB

02/08/2017

 

Compartilhe: