Presidente do TCE recebe o título de “Cidadão Pessoense” na Câmara de João Pessoa

“Eu sou da Paraíba é meu esse lugar; A cara desse povo tem a minha cara; Encanto de beleza que me faz sonhar; Lugar tão lindo assim pra mim é joia rara”. Foi com esse trecho da música “Paraíba, Joia Rara”, do cantor e compositor Ton Oliveira, que o conselheiro André Carlo Torres Pontes, atual presidente do Tribunal de Contas da Paraíba, iniciou seu discurso de agradecimento, ao ser homenageado pela Câmara Municipal de João Pessoa, na tarde desta segunda-feira (29), com o título de “Cidadão Pessoense” e “Medalha Cidade de João Pessoa”.

Visivelmente emocionado, o conselheiro, que há vinte anos integra os quadros do TCE-PB – ingresso por concurso público para o cargo de Procurador, lembrou sua trajetória familiar, que remota do século 19, precisamente no ano de 1889, quando o paraibano Francisco da Veiga Torres, seu avô, deixou nossa terra para buscar vôo no Pernambuco. “É a história que remonta o mundo que nos traz de volta. E nessa volta à Paraíba, pudemos encontrar nas flores uma constelação de estrelas” disse ele, referindo-se à sua mãe, Dalva Torres, e sua esposa, Danielle Menezes.

As honrarias da Câmara de João Pessoa foram propostas pelos vereadores Raissa Lacerda e João Corujinha. Ao apresentar o título de cidadania, Raissa Lacerda justificou a trajetória retilínea do homenageado, primando pela honestidade, humildade e zêlo com a coisa pública, exemplo que vem demonstrando ao longo de sua carreira no Tribunal de Contas. “Um amante da simplicidade e da transparência pública, virtudes que lhe propuseram uma brilhante passagem pela coordenação do Focco-PB – Fórum de Combate à Corrupção.

“Dignidade e respeito com a coisa pública”, resumiu o vereador João Corujinha na justificativa para a concessão da “Medalha Cidade de João Pessoa”. O vereador lembrou as ações de André Carlo na Presidência do TCE, em especial, no trabalho de aproximação junto aos jurisdicionados e no acompanhamento das contas públicas, quase de maneira instantânea.

Para o vereador Bruno Farias, a leveza e o compromisso com a cidadania contagiam e são refletidas nas ações do Tribunal de Contas, “uma instituição pública de excelência, que consegue atender e responder pelas demandas da sociedade”. “João Pessoa se sente envaidecida por tê-lo como filho, e nós, como irmão pessoense”, frisou o parlamentar mirim.

A procuradora geral do TCE, Sheyla Barreto Braga de Queiroz destacou o fato de ser André Carlo um membro do Ministério Público de Contas, alçado ao cargo de conselheiro, e atualmente, presidente da Corte. “Um arauto da transparência – ninguém mais do que o conselheiro André Carlo luta pela transparência de todos os atos da gestão pública, em especial, dos agentes públicos”, disse a procuradora, ressaltando os compromissos com as mudanças e a preservação das conquistas.

O empresário Aldo Marinho, pai do homenageado, usou da palavra para ressaltar a paraibanidade de André Carlo, desde os 14 anos, quando resolveu residir em João Pessoa. “É um cidadão de muita personalidade e nós temos muito orgulho de seus atos”, disse ele.

Entre familiares, amigos e autoridades que prestigiaram a sessão solene, destacaram-se os conselheiros Fábio Túlio Nogueira, Arthur Cunha Lima e Marcos Antônio Costa; o conselheiro substituto Oscar Mamede Santiago Melo e os deputados estaduais Tovar Correia Lima e Renato Gadelha; o vereador Marcos Henriques (PT); servidores do Tribunal de Contas; e a esposa Daniela Torres Pontes, o filho do casal, André, e a irmã do homenageado, Lindinalva Pontes Lima.

Durante a sessão, a mãe do homenageado, Dalva Torres, ao lado do Coral Antônio Leite, da CMJP, regido pela maestrina Socorro Estrela, abrilhantou a solenidade ao cantar “Estão voltando as Flores”, de Paulo Soledade.

 

Ascom/TCE-PB

(29 05 2017)

 

Compartilhe: