TCE-PB aprova voto de pesar pelo falecimento do apresentador Jota Junior

O Tribunal de Contas da Paraíba aprovou, à unanimidade, durante sessão plenária desta quarta-feira (26), Voto de Pesar pelo falecimento, aos 52 anos, do comunicador Jota Junior, ocorrido na madrugada da última segunda-feira (24), em Belo Horizonte (MG).

Autor da propositura, o conselheiro presidente André Carlo Torres Pontes destacou, na ocasião, a trajetória profissional do apresentador no rádio e na televisão, determinando em seguida que a aprovação do voto de pesar seja comunicada à família enlutada.

Aberto ao público, o velório acompanhado por jornalistas, amigos e familiares ocorre na Igreja Batista Redimir, no bairro Alto da Boa Vista, em Bayeux. O enterro, marcado para às 16h desta quarta-feira (26), será no cemitério Senhor da Boa Morte, também em Bayeux.

O apresentador Jota Júnior morreu vítima de um ataque cardíaco quando era transferido de João Pessoa para Porto Alegre (RS) para fazer um transplante de pulmão. Porém, no meio do trajeto, ele teve uma parada cardíaca obrigando o avião a fazer um pouso de emergência em Belo Horizonte, onde chegou a ser levado a um hospital, mas não resistiu.

Perfil – Josival Júnior de Sousa nasceu em 25 de fevereiro de 1965 em Campina Grande, onde começou sua carreira na radiofonia ainda muito jovem. Trabalhou também em Cajazeiras, no Alto Sertão da Paraíba, nos anos 80, de onde migrou para João Pessoa, onde se destacou tanto do rádio como na televisão. Além da TV Correio, atuou por mais de dez anos nas emissoras do Sistema Arapuan.

Compartilhe: