TCE manifesta seu pesar em razão da morte do presidente do Treze

O Tribunal de Contas da Paraíba, reunido nesta quinta-feira (2), aprovou, por unanimidade, Voto de Pesar encaminhado pelo conselheiro Arthur Cunha Lima em razão do falecimento do presidente do Treze Futebol Clube, José Petrônio Gadelha.

“Conheci este homem, seu caráter, sua dedicação e sua paixão”, comentou o conselheiro Arthur Cunha Lima, em emocionado pronunciamento. Observou ele que Petrônio Gadelha “foi o mais apaixonado dos presidentes do Clube. Não sei mais como me expressar. Mas sei que ele deixa uma lacuna impreenchível”, concluiu.

Pediu que, além da família enlutada, o sentimento de pesar do Tribunal de Contas seja ainda endereçado ao Treze e seus torcedores. “Nas grandes perdas as almas se unem”, comentou o presidente da Corte, Conselheiro André Carlo Torres Pontes, ao revelar que ouviu, por telefone, o lamento de um torcedor do campinense pela morte de Petrônio.

 

Ascom/TCE-PB

02 03 17.

 

 

Compartilhe: