TCE-PB e Fundação Solidariedade renovam parceria para a Agenda 2030

O presidente do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, conselheiro André Carlo Torres Pontes, recebeu em audiência, na manhã desta quinta-feira (16), a coordenadora Fundação Solidariedade, Núbia Gonçalves, e o presidente do Centro de Apoio às Atividades Populares ( CAAP) e coordenador do projeto “Onde Plantei”, Arimatéia França. O encontro reforçou uma parceria que tem como objetivo mostrar aos gestores públicos a importância do pacto de cooperação com a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, da Organização das Nações Unidas (ONU).

Durante a reunião, a coordenadora da Fundação Solidariedade e o representante do CAAP apresentaram ao presidente do TCE-PB o site ‘Onde Plantei’, que quer estimular a população a plantar ou adotar árvores e registrar a ação, a partir de fotografias e texto, por meio de um cadastro no portal, que pode ser acessado no endereço eletrônico www.ondeplantei.org.br.

O presidente André Carlos Torres disse que o projeto se alinha com o programa de sustentabilidade que o Tribunal já vem desenvolvendo, o “Todos por Um”. Esse programa visa promover educação para a sustentabilidade e estimular, entre os servidores, mudanças de posturas e hábitos que contribuam para preservação ambiental e redução de gastos.

Ele disse que o programa de sustentabilidade do TCE já tem uma grande adesão dos servidores e a segunda etapa é levar o projeto sustentável para o público externo, tanto aos gestores públicos como a sociedade. “E com esse projeto ‘Onde Plantei’, nós pretendemos disseminar esse terreno fértil também em parceria a instituição”, observou.

André Carlo afirmou que o Tribunal de Contas espera que a ação pública “seja eficaz, eficiente e efetiva” para levar à sociedade bons serviços e fazer com que a vida das pessoas seja melhor cada vez mais. “É sempre bom para o Tribunal de Contas manter parcerias com entidades que também concordem e trabalham para o bem estar da coletividade para conseguir alcançar o seu propósito maior, que é trabalhar bem para a sociedade paraibana”, salientou o presidente do TCE-PB.

 

Ascom/TCE-PB (FábiaCarolino)
(16/02/2017)

Compartilhe: