TCE aprova votos de aplausos a auditor e a concursados que ingressaram na Corte há 30 anos

Em sessão ordinária desta quarta-feira (1º) – a última do biênio 2015/2016, o Tribunal de Contas da Paraíba aprovou, à unanimidade, voto de aplauso pela passagem dos 30 anos de ingresso, no quadro de servidores, da turma de auditores concursados da qual fez parte o conselheiro Marcos Costa, que há menos de dois anos passou a compor o plenário da Corte e é hoje responsável pelo comando da Escola de Contas do TCE.

“Com orgulho e satisfação comemoramos, na sexta-feira passada, os 30 anos de ingresso por concurso neste tribunal. É um grupo numeroso de servidores que, mesmo passadas já três décadas, permanecem com o mesmo grau de dedicação e compromisso para com a evolução deste tribunal”, justificou o conselheiro Marcos Costa.

Na mesma sessão, foi igualmente aprovado à unanimidade outro voto de aplauso, este de iniciativa do conselheiro Fernando Catão, ao auditor de contas públicas Josedilton Diniz pela palestra proferida na última quinta-feira (26) durante o I Encontro dos Dirigentes Municipais de Educação 2016.

No evento, promovido em Campina Grande pela União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação/Undime-PB, o conselheiro Catão dividiu com o auditor  Josedilton exposição sobre o tema “Financiamento, investimento e resultado para Educação Municipal sob a visão do TCE”.

Ao justificar a proposição, o conselheiro explicou que sua intervenção no evento apenas levou ao debate dados sobre a atuação do tribunal na área de Educação, especialmente sobre o IDGPB – Índice de Desempenho dos Gastos Públicos na Paraíba, e que coube a Josedilton Diniz “a exposição mais instrutiva” e “tecnicamente a mais aplaudida”. E completou: “nosso auditor representou o tribunal de forma altiva, e fez uma brilhante exposição”.

PESAR – Também na sessão desta quarta-feira, o conselheiro André Carlo Torres – que presidiu os trabalhos em razão de o presidente Arthur Cunha Lima estar, no mesmo horário, na posse do deputado Gervásio Maia como presidente da Assembleia Legislativa – propôs voto de pesar, aprovado à unanimidade, pelo falecimento de Maria do Carmo Farias de Souza, esposa de Edvaldo Moreira da Silva, servidor do TCE lotado na Divisão de Expediente e Protocolo – Diep.

 

Ascom TCE-PB

(01/02/2017)

 

 

Compartilhe: