Quadros do TCE tomam conhecimento de metas e ações para o próximo biênio

Membros, procuradores e servidores do Tribunal de Contas da Paraíba reuniram-se, na manhã desta terça-feira (17), oportunidade em que tomaram conhecimento das metas e ações administrativas concebidas para o biênio 2017/2018. “São iniciativas que têm como fio condutor o Plano Estratégico do Tribunal de Contas anteriormente elaborado para o quinquênio 2016/2023”, esclareceu o vice-presidente da Corte, conselheiro André Carlo Torres Pontes.

O encontro, no Auditório Celso Furtado, do Centro Cultural Ariano Suassuna, pertencente ao TCE, também serviu para os cumprimentos aos quadros funcionais egressos das férias quinzenais de janeiro. Sucessor do atual presidente Arthur Cunha Lima, o conselheiro André Carlo será empossado no comando da Corte de Contas do Estado, em sessão solene programada para o próximo dia 3.

Ele definiu como “uma carta de navegação” as ações, propósitos e objetivos do próximo biênio, fruto, aliás, de sucessivas discussões com todos os setores do Tribunal e nas quais se envolveram, direta e participativamente, cerca de 60 pessoas.

O estímulo à comunicação com a sociedade, a contribuição com o aprimoramento da gestão pública, a celeridade processual, as parcerias com os entes jurisdicionados, a uniformização das ações dos órgãos colegiados e a capacitação continuada e especializada de servidores são algumas das iniciativas previstas para o próximo biênio.

Além destas, também, a consolidação do planejamento e das ações de controle interno e externo, o desenvolvimento de uma política administrativa com foco na gestão e remuneração dos quadros funcionais e, por fim, a implantação do orçamento participativo do Tribunal.

Ao cabo das exposições feitas, ainda, de modo esquemático, pelo auditor de contas públicas Francisco Pordeus, coordenador de Planejamento e Desenvolvimento do Tribunal de Contas, o conselheiro André Carlo respondeu a perguntas do público interno.

Ascom/TCE-PB

(17/01/2017)

Compartilhe: