2ª Câmara do TCE reformula decisão e aprova contas de instituto de previdência

TCE 2 camara - web - 1º de março

A 2ª Câmara do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, em sessão ordinária nesta terça-feira (19) aprovou, em grau de recurso, as contas de 2013 do Instituto Municipal de Previdência de Arara.

Ao conceder provimento integral a Recurso de Reconsideração interposto pelo gestor do instituto, Eraldo Fernandes de Azevedo, o colegiado acompanhou voto do relator do processo, conselheiro substituto Oscar Mamede, e à unanimidade reformulou decisão anterior, consubstanciada no acórdão AC2-TC 02982/15, determinando, inclusive, extinção de multa aplicada.

Três outros institutos municipais de previdência – Guarabira (exercício 2011), Belém (2011) e Pirpirituba (2012)- também tiveram prestações de contas aprovadas. Os conselheiros registraram e enalteceram, na ocasião, as gestões de Maria Gorete da Silva e Adriano de Melo Ferreira à frente dos institutos de Belém e Pirpirituba, pelo equilíbrio e evolução dos respectivos fundos previdenciários.

Em análise de Inspeção Especial de Obras da prefeitura de Bernardino Batista, a Câmara aceitou requerimento, feito em defesa oral na sessão em nome do ex-prefeito José Edomaques Gomes, e determinou a retirada de pauta do processo 09640/13. O retorno dos autos à Auditoria permitirá que a defesa faça esclarecimentos devidos sobre documentação apresentada.

Também foi retirado de pauta o processo 10930/13, relativo a prestação de contas da Secretaria de Finanças de Campina Grande, exercício 2012. Em dois outros processos ( 10127/11 e 13869/11 ),da Secretaria de Saúde de Campina Grande, foram concedidos prazos de 60 e 90 dias apresentação de documentos. No primeiro, relacionados a inspeção especial de gestão de pessoal, e no segundo ao exame da prestação de contas de serviços prestadoras pela construtora Maranata àquela secretaria.

Foi referendada, extra pauta, medida cautelar expedida pelo conselheiro André Carlo determinando a suspensão da eficácia do Pregão Presencial 007/2016, aberto pela Prefeitura de Curral Velho. À decisão, acompanham-se as comunicações devidas, com máxima urgência, ao prefeito Joaquim Alves Barbosa Filho e ao pregoeiro Cláudio Nogueira dos Santos, para apresentação de justificativas e/ou defesas, no prazo regimental.

No total, compuseram a pauta 120 processos, dos quais 105 relacionados a pedidos de registro de aposentadorias e pensões para servidores públicos, ou seus dependentes.

A Segunda Câmara Deliberativa do TCE realiza sessões às terças-feiras, às 9h, no Auditório Conselheiro Adailton Coelho Costa. É presidida pelo conselheiro Arnóbio Alves Viana e nesta sessão funcionou com a participação dos conselheiros André Carlo Torres Pontes, Antonio Cláudio Silva Santos (substituto) e Oscar Mamede Santiago Melo (substituto). Pelo Ministério Público de Contas atuou o procurador Bradson Tibério Luna Camelo. A 2ª Câmara do TCE reúne-se, ordinariamente, às terças-feiras, a partir das 9 horas, com acesso público permitido e transmissão ao vivo pela internet (www.portal.tce.pb.gov.br).

 

Ascom/TCE-PB

19.07.2016

Compartilhe: