Teletrabalho é tema de discussão no Encontro de Gestão de Pessoas dos TCs do País em João Pessoa

Gestão-marcos costa2 Gestão-marcos costa

– O teletrabalho é uma realidade sem volta e que já está funcionando em vários órgãos da administração pública – Foi o que disse o Secretário de Gestão de Pessoas do Tribunal de Contas da União, Adriano Cesar Ferreira Amorim, na manhã desta quinta-feira (10), ao proferir palestra durante o VII Encontro Técnico de Gestão de Pessoas dos Tribunais de Contas do Brasil, que se realiza no Centro Cultural Ariano Suassuna, sede do TCE-PB. “O teletrabalho significa a realização das atividades à distância, fora da repartição, e isso tem permitido ganhos na produtividade”, frisou ele.

Adriano enfatizou que a aplicação dessa prática está vinculada à definição de metas a serem alcançadas pelos servidores. É uma realidade que já existe na iniciativa privada e os resultados são positivos, pois em muitos dos casos evita-se deslocamentos, ganhando-se na flexibilização e na qualidade de vida para o servidor, que aproveita o ambiente de acordo com suas necessidades para produzir.

O palestrante trouxe para os participantes, também, as experiências do TCU que, segundo ele, tem 28 cargos comissionados voltados apenas a assessoramento, e nem todos são preenchidos. Os cargos de direção são ocupados por meio de funções. O tema da fala de Adriano Cesar foi “Novas Ações de Gestão de Pessoas no TCU.”

Gestão-marcos costa1 Gestão-marcos costa7

O conselheiro Marcos Antônio Costa, coordenador da Escola de Contas Otacílio Silveira – Ecosil, e que representou o presidente da Corte, Arthur Cunha Lima no evento, considerou a presença do Secretário do TCU, assim como de representantes dos tribunais do País, um importante ambiente para a troca de experiências nos setores de Gestão de Pessoas dos TCs. Enfatizou o trabalho da Ecosil na condução pedagógica e organizacional dos painéis de discussão que acontecem durante o encontro, previsto para terminar no final da tarde desta quinta-feira.

Anós das Chagas Sá, representante do TCE-PE, na área de pessoal, enfatizou a troca de informações entre os setores de RH dos tribunais, alguns com sistemas mais avançados, e outros ainda buscando os avanços tecnológicos. Para ele, o encontro foi oportuno e vai permitir fazer avaliações sobre o trabalho desenvolvido em cada um, sempre voltado para a eficiência nas ações de controle externo exercidas pelos Tribunais de Contas.

Gestão-marcos costa2 Gestão-marcos costa9

Os trabalhos do VII Encontro de Gestão de Pessoas começaram na quarta-feira (08), com a palestra da Professora Odete Rabáglio, especialista em Gestão de Pessoas, falando do tema “Gestão Por Competência”. Ela enfatizou a questão da competência na ocupação dos cargos. “A Gestão de Pessoas começa pela contratação do profissional com o perfil ideal para suas atribuições”, e acrescentou que se faz necessária a existência de processos seletivos.

Assessoria de Imprensa/TCE-PB

(09 06 2016)

Compartilhe: