Centro Cultural do TCE-PB será palco do concerto da Orquestra infanto-juvenil de cordas do ASMB

Centro Cultural Ariano Suassuna

O Centro Cultural Ariano Suassuna, do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB), situado no bairro de Jaguaribe, em João Pessoa, será palco nesta sexta-feira (29), a partir das 15h, para receber crianças e adolescentes da orquestra de cordas do projeto Ação Social pela Música do Brasil (ASMB), que farão concerto didático na Sala Celso Furtado. A regência será de Hector Rossi.

A apresentação é resultado de parceria entre o Centro Cultural Ariano Suassuna, firmada entre o presidente do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, conselheiro  Artur Cunha Lima , o diretor do centro Cultural,  Flavio Sátiro Filho e o diretor da Funjope,  Mauricio Burity.

O programa do concerto será o seguinte: Ode a Alegria (L.V. Beethoven), Adeste Fideles (Trad. – Hillarity-Norman Ward) Meu Lanchinho (Trad. Francês), Marcha com variações (Jorge A. Arbeláez), Sinfonia dos Sapatos (John Caponegro) e Asa Branca (Gonzaga/Teixeira).

Orquestra infantil

ASMB – O Ação Social pela Música do Brasil beneficia quase 100 jovens, entre seis e 16 anos de idade, que têm aulas diárias de música clássica. Inspirado no El Sistema (modelo didático-musical criado na Venezuela), o projeto foi instalado há apenas seis meses no bairro do Alto do Mateus.

Conforme Hector Rossi, diretor-artístico do projeto, em um pequeno período de existência, o ASMB já apresenta grandes avanços. Não à toa, as crianças participaram – como atrações – do III Festival Internacional de Música Clássica, no final do ano passado, e conquistaram elogios de músicos internacionais.

Com aulas de segunda-feira a sexta-feira, sempre das 13h às 17h, os alunos contam com professores de violino, viola, violoncelo e contrabaixo. Eles recebem aulas, ainda, de solfejo e teoria musical. Também há professores de reforço escolar nas áreas de matemática e português. Para se matricular, os jovens precisam estar devidamente matriculados em escolas de ensino fundamental ou ensino médio, apresentando pelo menos 90% de assiduidade às aulas em seus respectivos colégios.

O projeto Ação Social pela Música do Brasil é patrocinado pela Petrobras e tem execução da Prefeitura Municipal de João Pessoa, através de sua Fundação Cultural (Funjope). A ASMB está há 20 anos no Brasil e tem atualmente 10 núcleos no País, inclusive em comunidades pacificadas do Rio de Janeiro (RJ), Petrópolis (RJ), Piraí (RJ), Ji-Paraná (RO) e João Pessoa (PB).

Desde que foi criado, em 1975, pelo economista e instrumentista José Antonio de Abreu, o El Sistema fundou núcleos em 42 países e formou centenas de milhares de alunos provenientes de comunidades carentes espalhadas pelo mundo, reabilitando-os pela música. Serve de modelo para o projeto ASMB, criado oficialmente em João Pessoa no final de agosto do ano passado.

Na Capital, o projeto funciona no Centro de Formação Diácono João Batista. Além de Hector Rossi como diretor artístico, tem Samuel Espinoza como coordenador do núcleo. Gustavo Paco de Gea é o diretor-assistente da orquestra do núcleo.

 

Ascom/TCE-PB

26/04/2016

Compartilhe: