Presidente Arthur diz, na passagem dos 45 anos do TCE, que em razão da crise adotará mais medidas de economia

_BFS0372

O presidente do Tribunal de Contas da Paraíba, conselheiro Arthur Cunha Lima, revelou nesta terça-feira (01), em ato comemorativo pela passagem dos 45 anos de instalação do TCE-PB, que reforçará as medidas de economia tomadas desde ano passado pela Corte, em razão da crise econômico e financeira que resultou em cortes orçamentários nas instituições.

“Algumas já se anteciparam e anunciaram que não dariam reajustes salariais aos seus servidores. Sou mais cauteloso, pois estamos tomando, desde ano passado, as medidas necessárias para minimizar os efeitos dessa grave crise”, afirmou o conselheiro ao lembrar que a mudança de expediente na Corte vem reduzindo despesas.

Reduziu-se a despesa com água, lâmpadas mais econômicas  e várias outras medidas estão contribuindo para redução de gastos. Entre outras ações de economia, ele anunciou que em abril deve entrar em operação a usina fotovoltaica de 352 painéis que está sendo instalada no Tribunal.

A iniciativa, que além de reduzir consumo vai permitir também a compensação, com a concessionária local, de créditos pela produção excedente, ainda fará da Paraíba o primeiro estado no país onde uma Corte de Contas produzirá toda energia necessária ao seu funcionamento.

_BFS0376

“Vivemos um dos momentos de mais intranqüilidade dos últimos anos. Os cortes nos orçamentos dos poderes e órgãos públicos, em todas as esferas, forçam os administradores a tomarem medidas extremas de contenção de despesas. Estamos fazendo nossa parte, e outras medidas virão para que cada centavo economizado nos dê suporte para enfrentar a crise. E vamos superá-la, acreditem”, afirmou.

_BFS0320

Antes desse pronunciamento aos servidores, o presidente descerrou, ao lado do conselheiro Arnóbio Viana e do advogado Diogo Mariz – neto de João Agripino – placa comemorativa contento frase em que o ministro João Agripino Filho – criador da Corte quando governador do Estado – manifesta seu orgulho pelo trabalho e importância do Tribunal.

A frase, escrita de próprio punho por ocasião do 16º aniversário da Corte é a seguinte: “A Paraíba se orgulha do seu Tribunal de Contas e os brasileiros o admiram, por sua eficiência, imparcialidade e isenção”.

_BFS0328

Em seguida, no plenário, foram prestadas homenagens aos ex-servidores Ricardo Lira e Erasto Martins, falecidos ano passado e que passaram a nominar os prédios sede da Auditoria e do Setor de Transportes.

_BFS0396

A filha Ana Lígia Correia de Oliveira agradeceu, comovida, a homenagem em nome da família de Erasto Martins.

Já os agradecimentos em nome da família do engenheiro e auditor Ricardo Lira, foram feitos, em emocionados depoimentos, pela filha Patrícia Azevedo Torres e pelo auditor de contas públicas Jader Jefferson, amigo pessoal e colega de trabalho por 35 anos no Tribunal._BFS0411

Dos atos de celebração participaram ainda os conselheiros Nominando Diniz e Marcos Costa, o conselheiro substituto Antonio Gomes Vieira, as procuradoras do Ministério Público de Contas Sheyla Barreto e Isabella Barbosa, diretores, auditores e servidores dos demais setores do Tribunal que lotaram o auditório ministro João Agripino Filho.

O encerramento foi marcado por apresentação do Coral do TCE, cantando “Astronauta de Mármore”, – interpretada pelo grupo Nenhum de Nós-, e também um pout-pourir – com participação especial do servidor Raimar Redoval- de músicas da banda Blitz.

Ascom/TCE-PB

01.03.2016

 

Compartilhe: