Workshop do TCE-PB capacita mais de 70 profissionais da imprensa na disseminação de dados públicos

BFS_1288

Mais 70 profissionais da imprensa paraibana participaram, nesta quinta-feira (05), do workshop ‘Jornalismo na base de dados do TCE-PB’. A oficina foi realizada pelo Tribunal de Contas do Estado da Paraíba. Ao abrir o evento, o presidente do TCE-PB, conselheiro Arthur Cunha Lima, destacou a parceria de jornalistas, radialistas e alunos de Jornalismo na disseminação das ferramentas que ajudam na transparência e no controle externo da gestão pública, em todas as esferas.

BFS_1310

BFS_1390

Arthur lembrou que o TCE-PB tem a maior base de dados abertos do Estado e com a capacitação, os profissionais podem garimpar e comparar qualquer tipo de informação referente à gestão.

O workshop foi promovido pela Assessoria de Comunicação Social do TCE-PB. A coordenadora da Ascom do TCE-PB, jornalista Fábia Carolino, ressaltou que todos os dados abertos estão disponíveis para qualquer cidadão, em qualquer plataforma, no mundo inteiro. “Com esse workshop temos certeza que estamos contribuindo com os profissionais, para que eles possam ir diretamente à fonte dos dados públicos, assegurando a transparência de suas análises e conclusões”, disse.

O evento aconteceu no plenário ministro João Agripino Filho. Jornalistas e radialistas foram orientados sobre a melhor forma de trabalhar com as informações e indicadores recolhidos em ferramentas que o TCE-PB já disponibiliza, como o Sagres, o Tramita e o IDGPB – Indicadores de Desempenho de Gastos Públicos na Paraíba.

BFS_1328
“Ao se monitorar a aplicação dos recursos públicos, não podemos desconhecer a importância do olhar crítico, severo e prudente da mídia”, afirmou o presidente Arthur Cunha Lima, ao frisar que os participantes, após o workshop, podem atuar como multiplicadores desses conhecimentos junto aos que não puderam deixar a redação. “Isso ajuda na ampliação do acesso às ferramentas do TCE-PB”, afirmou.

BFS_1314

O workshop foi ministrado, em duas turmas, pelo chefe da Assessoria Técnica do Tribunal, o auditor de contas públicas Ed Wilson Fernandes de Santana. Tanto na primeira, das 9h às 12; quanto na segunda, das 14h às 17h, um público atento de profissionais participou, questionou e interagiu durante toda a exposição. Todos os profissionais de imprensa que participaram do workshop vão receber certificados de participação.

Ao final das atividades, a avaliação dos participantes foi de reconhecimento à iniciativa da atual gestão do TCE-PB por meio de sua Assessoria de Comunicação. “Foi muito proveitoso porque nos ajuda a obter as informações de forma bem mais prática, seja para nosso material do dia a dia, seja para matérias mais programadas, especiais”, observou Alisson Correia, editor adjunto do Portal Correio.

Para o jornalista Antônio Vieira, repórter a TV Cabo Branco, as informações repassadas agilizam o trabalho da imprensa “Muito importante, porque nos ajuda a otimizar a busca e uso destes dados, facilita na hora de confrontar informações, ajuda na precisão e na qualidade da informação”, disse.

Edmilson Pereira, jornalista e radialista do Sistema Arapuã, parabenizou o TCE-PB pela oficina. “Ela foi buscar o jornalista como aliado para ajudar a ampliar o acesso à informação, o que ajuda no controle externo. Cumpre com seu papel de fiscalizar os recursos públicos, mas ao buscar a imprensa como aliada fortalece a ação de fazer com que o que é do povo retorne ao povo”, observou.

BFS_1311

A coordenadora da Assessoria de Comunicação Social do TCE-PB avaliou que o encontro serviu como um guia passo-a-passo sobre como fazer com uso das ferramentas de controle de gastos públicos e também encontrar e manusear os dados abertos disponíveis gratuitamente, sem restrições.

Ela enfatizou que o trabalho da Ascom é também no sentido de cuidar junto ao público externo da imagem institucional do TCE-PB. Até a última quarta-feira (04), na atual gestão a Ascom já tinha produzido 413 matérias, que foram replicadas 6.195 vezes em portais, sites e blogs. “Isso sem contabilizar o que foi divulgado em jornais impressos, emissoras de rádio e de TV”, comentou.

 

Ascom TCE-PB
(05/11/2015)

Compartilhe: