Coral do TCE-PB faz concertos no Festival Internacional de Corais de Balneário Camboriú, em Santa Catarina

COral

O Coral do Tribunal de Contas da Paraíba se apresenta, este final de semana, no Festival Internacional de Corais de Balneário Camboriú (SC), um dos mais prestigiados do país e que acontece, este ano, dias 2, 3 e 4 de outubro. Os servidores coralistas obtiveram dos conselheiros Arthur Cunha Lima e André Carlos Torres, respectivamente presidente e vice presidente do TCE, todo estímulo e apoio para participar do festival.

O conselheiro presidente observou a visibilidade que o evento proporciona ao trabalho desenvolvido por corais de vários países sul americanos, e lembrou que em todas as suas edições o público tem a oportunidade de apreciar uma mostra de música coral de diversos estilos, com trabalhos musicais desenvolvidos por grupos de categorias infantil, jovem e adulto.

Por sua vez, o conselheiro André Carlo destacou a integração e a diversidade artística do Festival Internacional de Corais de Balneário Camboriú, cujas edições são sempre marcadas pela participação de corais pertencentes a empresas públicas, privadas, órgãos governamentais, religiosos, instituições de ensino musical e universitário, e grupos independentes.

Pelo regulamento, cada coral se apresenta em um concerto oficial , com quatro músicas de livre escolha, e em um concerto paralelo, apresentando igualmente quatro músicas de livre escolha. E cabe também a cada grupo apresentar o seu repertório dentro do seu estilo: apenas vozes, ou acompanhado de pianista, grupo de músicos ou orquestra.

Sob regência do maestro João Alberto Gurgel, os 24 coralistas do TCE paraibano se apresentarão, em companhia de três músicos, no teatro Univali e no Complexo Turístico Cristo Luz. Nos dois repertórios, entre outras autorias, músicas de Luiz Gonzaga, Raul Seixas e dos grupos Roupa Nova e Nenhum de Nós.

Repertório do Concerto Oficial:
* Ave Maria , de Tomás Luis de Victoria
* Paraíba – Porta do Sol, de Fuba. Arranjo de Maurício Gurgel
* Medley, Roupa Nova – Concepção, adaptação e arranjo: João Alberto Gurgel
* Tri-brega, Sidney Magal – Concepção, adaptação e arranjo: João Alberto Gurgel
Repertório do Concerto paralelo:
* Astronauta de Mármore, Nenhum de Nós – Arranjo: João Alberto Gurgel
* Metamorfose Ambulante, de Raul Seixas – Arranjo: João Alberto Gurgel
* Suíte Nordestina (pout-porrui do xaxado), de Luiz Gonzaga – Arranjo de Maurício Gurgel
* Medley Blitz, de Evandro Mesquita e Cia – Concepção e arranjo: João Alberto Gurgel
Ascom TCE – 02/10/2015

Compartilhe: