Câmara de Patos aprova “Voto de Aplauso” ao TCE-PB pela organização da Mostra Paraíba

auditorio3 auditorio2

A organização da I Mostra Paraíba Transparente, realizada entre os dias 26 e 28 de agosto passado, foi motivo de “Voto de Aplauso” na Câmara Municipal de Patos, que aprovou proposta da vereadora Nadigerlante Rodrigues de Carvalho Almeida Guedes, dirigida ao Fórum Paraibano de Combate à Corrupção – Focco-PB, ao Tribunal de Contas do Estado, à Controladoria Geral da União e à Secretaria de Transparência Pública de João Pessoa. O evento aconteceu no Centro Cultural Ariano Suassuna, sede do TCE-PB, e reuniu mais de 700 participantes.

Na justificativa para o requerimento, a vereadora enfatizou que a iniciativa do Focco-PB e o objetivo essencial do evento, que foi de aprimorar a transparência pública nos municípios paraibanos, “ajudando-os a aperfeiçoar rotinas e procedimentos da administração que sejam capazes de facilitar e ampliar o acesso à informação pelos cidadãos”. Reitera ainda que o tema amplia a discussão para conscientizar a sociedade em relação ao acesso à informação, ao mesmo tempo em que se aprimoram as experiências da administração pública, no tocante às práticas de transparência pública.

A vereadora destacou a programação, enriquecida com palestras sobre “Os SICS e a Escola Brasil Transparente da CGU” e “O TCE-PB e a avaliação da Transparência nos Municípios Paraibanos”, os mini-cursos que abordaram os temas Brasil Transparente, Transparência Básica e Controle Interno, bem como a realização do IV WorkFocco para comunicadores, de vital importância para os meios de comunicação, facilitando os acessos às informações públicas através das redes na internet.

O coordenador do Focco-PB, conselheiro André Carlo Torres Pontes, ao receber o ofício da Câmara de Patos, reiterou o reconhecimento daquela casa legislativa, que tem também, assim como os órgãos de controle, a missão de buscar a transparência pública, especialmente nos assuntos de interesse da sociedade. Lembrou o apoio do presidente do TCE, conselheiro Arthur Cunha Lima, que não mediu esforços para o sucesso na realização do evento, que em muito contribuiu com a missão orientadora da Corte de Contas, especiualmente na questão da transparência pública.

 

AscomTCE/FoccoPB – (Genésio Sousa)

 

Compartilhe: