“O Poder transformador da educação corporativa” marca abertura do VI Educorp

image
“Todos somos responsáveis pela construção de uma sociedade mais justa.” Com esta frase, o presidente do Tribunal de Contas do Estado do Ceará, conselheiro Valdomiro Távora, abriu, oficialmente, o VI Encontro Técnico de Educação Corporativa dos Tribunais de Contas (Educorp). O evento, uma parceria com a Corte de Contas dos Municípios (TCM-CE) e Instituto Rui Barbosa (IRB), começou na manhã desta segunda-feira (24/8), no auditório do Edifício 5 de Outubro, no TCE Ceará.

“Nós, gestores, temos uma atribuição ainda maior, que é a de promover a gestão estratégica de talentos. Precisamos de uma educação transformadora, mas para isso tem que haver a conscientização e o comprometimento de todos. Os resultados certamente serão percebidos ao longo do tempo”, destacou.
image
Presenças– Participaram da abertura do VI Educorp o presidente do TCE-PB, conselheiro Arthur Paredes Cunha Lima; a presidente do TCE-AP, conselheira Maria Elizabeth Cavalcante de Azevedo Picanço; a coordenadora do Grupo de Educação Corporativa das Escolas de Contas, Marina Bressane Spinelli Maia de Andrade, do TCE-MT; e o vice-presidente do TCE Ceará, conselheiro Edilberto Pontes; além de conselheiros, conselheiros substitutos e técnicos da área de educação corporativa das Cortes de Contas do País.

O presidente Valdomiro Távora falou, também, da satisfação em realizar o VI Educorp: “sediar, conjuntamente com o TCM do Ceará, o VI Encontro Técnico de Educação Corporativa dos Tribunais de Contas é motivo de orgulho, e engrandece as comemorações dos nossos 80 anos, a serem completadas dia 5 de outubro. Estamos todos, com o apoio do Instituto Rui Barbosa, em busca de um maior aperfeiçoamento profissional e mais efetividade das ações dos Tribunais de Contas.” Os participantes foram saudados ao som de um pout pourri de músicas cearenses e nordestinas, na voz da banda de forró Lasca Coco. Em seguida, todos cantaram o Hino Nacional Brasileiro.

Composição da mesa- Compuseram a mesa o presidente do TCE Ceará, conselheiro Valdomiro Távora; o presidente do TCM-CE, conselheiro Francisco Aguiar; o Presidente do IRB, conselheiro Sebastião Helvécio (TCE-MG); o diretor-presidente da Escola de Contas Instituto Plácido Castelo (IPC), conselheiro decano Alexandre Figueiredo; o diretor-presidente do Instituto Escola Superior de Contas e Gestão Pública Waldemar de Alcântara (IESWA), conselheiro Domingos Filho; e o coordenador da Escola Superior de Magistratura Cearense (Esmec), juiz Aluísio Gurgel do Amaral Júnior – representando o Desembargador Paulo Francisco Banhos Ponte, diretor da Esmec.

As iniciativas desenvolvidas pelos Tribunais de Contas do Estado e dos Municípios do Ceará ao incentivarem o controle social foram destacadas pelo presidente do Instituto Rui Barbosa, conselheiro Sebastião Helvécio. “Se conseguimos fortalecer o cidadão, com o conhecimento adequado, nós vamos nos protegê-lo de dois perigos: do agente público que não honra essa posição de destaque; e de não deixar que o cidadão seja pautado por notícias que busquem a simples exposição midiática”, ressaltou o presidente do TCE de Minas Gerais e do IRB”, Sebastião Helvécio.

Para o presidente do TCM-CE, Francisco Aguiar, “as instituições devem estar permanentemente atentas à modernização, aos novos métodos, às soluções criativas e às formas inteligentes de lidar com o conhecimento.”

Palestra do dia- Após a abertura oficial, foi realizada palestra magna com a profª Drª Marisa Eboli, sob o tema “O Poder transformador da educação corporativa.” Graduada em Administração de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas, Mestra e Doutora em Administração pela Universidade de São Paulo; pesquisadora e escritora em Sistema de Educação Corporativa, Marisa Eboli falou sobre os princípios, as melhores práticas e o impacto da educação transformadora, além do resultado institucional e o papel fundamental dos líderes e gestores no comprometimento com relação ao desenvolvimento de pessoas. A palestrante falou ainda sobre resultados de pesquisas e citou referências nacionais e internacionais. No encerramento, destacou as novas tendências e os desafios da educação corporativa.
image
Na tarde da segunda-feira (24/8), aconteceram quatro palestras, dentre elas “Educação e inovação no setor Público”, de Roberto Meize Agune, servidor da Secretaria do Governo de São Paulo.

O segundo dia do evento, nesta terça-feira (25/8), será sediado no Plenário do TCM cearense. Estão previstas explanações de projetos desenvolvidos pelas Escolas de Gestão de diferentes Cortes de Contas. A palestra Magna de encerramento, “Educar na cibercultura: docência e aprendizagem no presencial e no online”, será ministrada pelo prof. Dr. Marco Silva.

O encontro, que tem como tema central “Aperfeiçoamento profissional e efetividade das ações dos Tribunais de Contas”, vai até quarta-feira (26/8), com uma reunião Técnica de Líderes, no auditório do Instituto Plácido Castelo (IPC), Escola de Contas do TCE Ceará.

A programação completa está disponível no hotsite do VI Educorp.

Assessoria TCE-CE/Ascom/TCE-PB
24.08.2015

Compartilhe: