Presidente do TCE participa de homenagens ao desembargador Plinio Leite Fontes

Arthur Plinio
O presidente do Tribunal de Contas da Paraíba (TCE-PB), Arthur Cunha Lima participou, na sexta-feira (20), na Cãmara Municipal de João Pessoa (CMJP), em sessão solene, das comemorações que outorgou o Título de Cidadão Pessoense e concedeu a Medalha Cidade de João Pessoa ao desembargador Plínio Leite Fontes. Os propositores da sessão foram o presidente da CMJP, Durval Ferreira (PP), e a vereadora Raíssa Lacerda (PSD). Natural de Pombal, Plínio Leite Fontes teve a cidadania pessoense aprovada na Casa Napoleão Laureano por meio de proposta do deputado estadual João Gonçalves (PSD), quando ainda era vereador.

Além dos propositores da solenidade e do homenageado, a mesa da solenidade foi composta pelo presidente do Tribunal de Contas do Estado, Arthur Cunha Lima; o senador Cássio Cunha Lima (PSDB); deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB); deputado estadual João Henrique (DEM), representando a Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB); e o presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), o desembargador Marcos Cavalcanti. Também prestigiaram a solenidade familiares e amigos do homenageado, autoridades e a população em geral.

O desembargador Plínio Leite Fontes fez um extenso relato de sua trajetória de vida, contando diversos fatos pitorescos com figuras ilustres que participaram de sua jornada. Ele fez menção a todos os professores que participaram de sua vida acadêmica. O homenageado também fez uma explanação sobre a história e a formação política do povo brasileiro. Após agradecer à sua família, o desembargador finalizou seu discurso declamando um texto de Dom Pedro Casaldáliga: “Ser o que se é / Falar o que crê / Crer no que se prega / Viver o que se proclama / Até as últimas consequências”.

Sob a regência da maestrina Socorro Estrela, o Coral Antônio Leite, da CMJP, marcou a solenidade com a execução do Hino Nacional; do Hino Oficial de João Pessoa, da canção “Meu Sublime Torrão”, o hino oficial popular da Capital, e de canções do compositor paraibano Jackson do Pandeiro, um dos artistas admirados pelo homenageado.

Ascom/TCE-PB/com CMJP
Fábia Carolino
23/03.2015

Compartilhe: