TCE promove treinamento para adequação de jurisdicionados ao Sagres 2015

sagressagres_ed

O Tribunal de Contas do Estado da Paraíba reuniu no auditório Celso Furtado, sob a coordenação de sua Escola de Contas, na manhã desta quinta-feira (22), prefeitos, agentes públicos, presidentes de Câmaras Municipais e contadores ligados aos jurisdicionados, para o lançamento e consequente treinamento do Sagres Captura 2015.

A partir de 2002, quando foi lançado, o TCE-PB promove anuais modificações, que visam o aperfeiçoamento no Sistema de Acompanhamento da Gestão dos Recursos da Sociedade.

Na versão Captura, o Sagres é um módulo através do qual os jurisdicionados apresentam os dados da execução orçamentária, licitações, obras e folha de pessoal. Em 2015 as inovações prevêem, por exemplo, a inclusão de informações consolidadas, em um único balancete, das administrações diretas e indiretas.

Com a vigência da Nova Contabilidade Aplicada ao Setor Público, que exige novo padrão contábil, tornou-se obrigatória a elaboração de um PCAS (plano de contas aplicado ao setor), cujo objetivo é uniformizar as práticas contábeis.

Além do treinamento para as inovações implementadas ao Sagres Captura, foram feitos esclarecimentos acerca da Resolução Normativa RN TC 03/2014, que dispõe sobre o encaminhamento dos balancetes mensais, de informações complementares e de demonstrativos exigidos pela Lei de Responsabilidade Fiscal.

O chefe da Assessoria Técnica do TCE-PB, auditor de contas públicas Ed Wilson Fernandes Santana, falou aos mais de 400 participantes do evento sobre a importância das inovações. O conselheiro André Carlo Torres Pontes, coordenador da Escola de Contas Otacílio Silveira (Ecosil), por sua vez, realçou a importância do evento que reforça o liame entre a gestão pública e o cidadão, “a quem se deve oferecer informação de qualidade e de fácil acesso, sobre os procedimentos da gestão e dos gastos públicos”, concluiu.

As inovações no módulo captura do Sistema de Acompanhamento da Gestão dos Recursos da Sociedade foram promovidas pela equipe de Assessoria Técnica do TCE, que se mantém disponível para quaisquer esclarecimentos adicionais que se façam necessários. Nesse trabalho estiveram envolvidos os auditores de contas públicas Ed Wilson Fernandes Santana, chefe da ASTEC; Marcos Uchoa de Medeiros e Severino Claudino Neto.

Ascom TCE-PB // Ridismar Moraes

Em 22 de janeiro de 2015.

Compartilhe: