DISP construído pelo TCE será entregue à Segurança Pública sexta-feira

O Distrito Integrado de Segurança Pública, que compõe o complexo Centro Cultural Ariano Suassuna, será entregue oficialmente pelo TCE-PB à Secretaria de Estado da Segurança e da Defesa Social nesta sexta-feira, dia 9, em solenidade agendada para as 10h30. Foi o que ficou acertado entre o presidente do Tribunal de Contas, conselheiro Fábio Nogueira, e o secretário Cláudio Coelho Lima, que reputou a iniciativa como “elevado bem à sociedade paraibana”.

O conselheiro Fábio Nogueira, por sua vez, ressaltou que, no propósito de valorização da cidadania sob o qual se conduz o Tribunal de Contas da Paraíba, está inserida a colaboração com a segurança pública, uma área considerada sensível pela sociedade paraibana.

O presidente do TCE explicou que o terreno, onde foi edificado o Distrito Integrado de Segurança Pública, estava destinado à construção de um espaço para a Assessoria Militar da própria Corte. “Depois de analisarmos as dimensões da área, chegamos à conclusão de que sua ocupação poderia ser racionalizada e de que o seu valor social deveria ser ampliado; então decidimos adequá-lo para o atendimento à população, ou seja, novamente prevaleceu a premissa da responsabilidade social”, salientou Fábio Nogueira.

O 5º DISP que o Tribunal de Contas da Paraíba construiu e cederá à Secretaria da Segurança e da Defesa Social, possui estrutura física semelhante aos já existentes, com capacidade para acomodar e atender as funções dos diversos segmentos policiais: Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Polícia Civil. Além da estrutura física, o TCE-PB também está fazendo cessão de uso de equipamentos de informática e mobiliário.

Reunião – o agendamento da entrega do DISP aconteceu durante reunião da qual participaram, além do secretário Cláudio Lima, o adjunto da pasta, Jean Bezerra Nunes; o comandante geral da Polícia Militar, coronel Euller Chaves; o tenente-coronel Lamarck Donato, comandante do 1º BPM; o assessor militar do TCE-PB, coronel Souza Neto; o tenente-coronel Rosinaldo Silva; também da assessoria militar; o engenheiro Luciano Andrade, auditor de contas públicas; e Claudino Neto, diretor geral da Corte de Contas paraibana.

Ascom TCE-PB // Ridismar Moraes

Em 7 de janeiro de 2015.

Compartilhe: