Concurso do Ministério Público de Contas: nível de organização de prova oral é elogiado

O concurso para o provimento de três vagas, além da formação de cadastro de reserva, no cargo de procurador do Ministério Público, junto ao Tribunal de Contas da Paraíba, está em vias de conclusão. Com a aplicação da prova oral, ocorrida nos dias 27 e 28 de setembro, o certame atingiu sua penúltima fase. A divulgação do resultado ainda não está prevista e, tão logo isso ocorra, será definida a data do exame de títulos, que definirá os candidatos aprovados.

O concurso tem a supervisão da subprocuradora geral do Ministério Público de Contas, Isabella Barbosa Marinho Falcão. A banca examinadora da prova oral foi composta pelo Professor Doutor Manoel Alexandre Cavalcante Belo; Professor Mestre Licurgo Joseph Mourão de Oliveira; e pela Professora Doutora Angela Cassia Costaldello.

O Professor Doutor Manoel Alexandre Cavalcante Belo, utilizou sua página em uma rede social para manifestar a boa impressão obtida do nível de organização do concurso, tecendo elogios a todos quantos estiveram envolvidos na aplicação da prova oral.

O Professor Mestre Licurgo Joseph Mourão de Oliveira, que é conselheiro substituto do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais, manifestou-se através de ligação telefônica ao conselheiro Fábio Nogueira.

Se dizendo impressionado com todo o critério envolvido na organização do concurso, o conselheiro Licurgo, salientou que a prova oral transcorreu sem que o mínimo entrave pudesse comprometer o seu bom andamento; finalizou elogiando a dedicação da equipe.

Compromisso – O presidente do TCE-PB, conselheiro Fábio Nogueira, disse que essa é a confirmação de mais um compromisso da sua gestão, assumido no discurso de posse, em janeiro de 2013. O certame está sendo executado pelo Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB).

Ascom TCE-PB // Ridismar Moraes

Em 30 de setembro de 2014.

Compartilhe: