TCE-PB tem conselheiros Fábio Nogueira e Fernando Catão nas diretorias da Atricon e do IRB

foto (2)

O Tribunal de Contas do Estado da Paraíba está representado na direção da Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil – Atricon, empossada na manhã desta quarta-feira (26), através do conselheiro presidente, Fábio Nogueira, que ocupa a diretoria de assuntos corporativos da entidade. 

No Instituto Rui Barbosa, a Corte paraibana tem na direção o conselheiro Fernando Rodrigues Catão, que ocupa a 2º vice-presidência. A solenidade conjunta de posse das duas entidades aconteceu no plenário Ministro Luciano Brandão Alves de Souza, do Tribunal de Contas da União, em Brasília. 

O conselheiro Fábio Nogueira explicou que a Atricon, nesta nova gestão, se empenhará em avançar com o trabalho das auditorias coordenadas, executado em ações de parceria da Atricon com o Tribunal de Contas da União, onde aconteceu a solenidade de posse da nova diretoria. 

Os exemplos dessas parcerias, conforme destacou o presidente do TCE-PB, são muitos e citou a auditoria que avaliou a oferta e a qualidade do ensino médio no Brasil, cujo diagnóstico é resultado de trabalho realizado em sistema de colaboração entre o TCU com 28 tribunais de contas. 

Fábio Nogueira disse que essa é uma prática que tende a se consolidar e, mais importante que isso, induzir o Brasil ao desenvolvimento na medida em que identifica os gargalos de atraso e diminui a possibilidade de fraudes e de desvios dos recursos públicos. 

Novos presidentes – o presidente empossado da Atricon é o conselheiro Valdecir Pascoal, que também preside o Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco. Na solenidade de posse, ele reforçou o interesse da entidade em na missão dos Tribunais de Contas, na busca da dignificação e aperfeiçoamento do controle externo. 

O conselheiro Sebastião Helvécio, do TCE-MG, passou a presidir o Instituto Rui Barbosa – IRB, destacando que a entidade reforçará as atividades de capacitação, com vistas à valorização do controle interno, a melhoria do controle externo e o fomento ao controle social, “cenário ideal da democracia”. 

O presidente Sebastiao Helvécio anunciou como primeira atividade da sua gestão uma reunião de trabalho, na tarde desta quarta-feira e nas próximas quinta e sexta-feira, para a discussão das atividades de auditoria coordenada na saúde. 

Seminário – Os conselheiros Fábio Nogueira e Fernando Rodrigues Catão, representaram o TCE-PB no Seminário Cooperação Internacional e os Tribunais de Contas Brasileiros. A experiência da Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon) na realização de Avaliação da Qualidade e Agilidade do Controle Externo, que entre seus integrantes tem o conselheiro Fernando Rodrigues Catão, foi apresentada durante o evento, como experiência exitosa. 

Ascom – TCE-PB // Ridismar Moraes

– 26 de março de 2014.

 

 

 

 

Compartilhe: