Procurador da República quer usar ferramenta do TCE

Integrantes da Procuradoria Geral da República na Paraíba vão receber treinamento para acesso direto a peças de processos em trâmite no Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, a exemplo daquele já ministrado, em setembro passado, a promotores de Justiça da área do Patrimônio Público Estadual. 

O objetivo é o uso de ferramenta desenvolvida pelo TCE, o Sistema Eletrônico de Tramitação de Processos (Tramita), de modo a imprimir celeridade à atuação do Ministério Público nos casos de denúncia à Justiça contra malversadores do patrimônio, ou dos recursos da sociedade. 

O desejo de utilização do Tramita foi expresso pelo procurador-chefe da República no Estado, Rodolfo Alves Silva, durante visita de cortesia, na manhã desta quinta-feira (24), ao presidente do TCE, conselheiro Fábio Nogueira. Na ocasião, ele se fazia acompanhar do também procurador Marcos Queiroga e do chefe de gabinete João Neto. 

“Temos interesse nesse treinamento e, também, em incorporar como rotina interações dessa ordem”, disse o visitante que chefia, no Estado, um grupo de 15 procuradores. 

Na conversa de mais de 30 minutos, ele e seus acompanhantes também ouviram do conselheiro Fábio Nogueira o desejo da retribuição da visita, como gesto de reafirmação do respeito pelo Ministério Público Federal, e de interesse pelo estreitamento da parceria com os demais órgãos de controle externo atuantes dentro ou fora do Estado. 

Compartilhe: