II Olimpíada de Servidores do Tribunal de Contas da Paraíba

olimpiadasolimpiadas3olimpiadas5

olimpiadas2olimpiadas6olimpiadas5

Desfile dos participantes, cântico do Hino Nacional com o acompanhamento da Banda da Polícia Militar do Estado, juramento dos atletas, acendimento da Pira Olímpica e saudação dos dirigentes compuseram, na manhã da última sexta-feira (11), a cerimônia de abertura da II Olimpíada dos Servidores do Tribunal de Contas da Paraíba.

Até ontem, 95 atletas estiveram disputando medalhas destinadas a 15 modalidades esportivas, em meio às quais, vôlei de praia, futebol, natação, tiro, dama, xadrez, tênis de mesa e sinuca, sendo boa parte das disputas, nas modalidades masculina e feminina.

Realizadas na sede da Associação dos Servidores (Astcon), próxima ao Detran, as Olimpíadas do TCE estimulam a prática dos esportes e servem ao congraçamento entre dirigentes, quadros técnico e administrativo do Tribunal. 

Na saudação aos participantes, o conselheiro Umberto Porto, no exercício da presidência do Tribunal, desejou boa sorte a todos, reconheceu a importância dos jogos para o estreitamento das amizades e pediu que todos tirassem bom proveito do provérbio latino “Mens Sana in Corpore Sano”. 

O presidente da Astcon Karlos Alfredo agradeceu à direção do Tribunal pelo apoio conferido à realização desses jogos, lembrando que eles ocorrem, agora, pela segunda vez, certamente, com o mesmo êxito da versão passada. 

A saudação final foi feita pelo conselheiro André Carlo Torres Pontes, que preside a Comissão Organizadora da II Olimpíada dos Servidores. Ele desejou que a fraternidade e a boa convivência fossem as grandes vitoriosas das disputas que se travariam até domingo com a entrega das medalhas a integrantes das equipes Azul, Vermelha, Amarela e Verde vitoriosas em suas competições. 

A Pira Olímpica foi acesa por F. Souza, integrante do Setor Militar, enquanto o servidor aposentado José Ferreira foi encarregado de fazer o juramento do atleta. A mesa montada para a solenidade de abertura dos jogos esteve ainda ocupada pelo conselheiro Nominando Diniz e pelo auditor Oscar Mamede Santiago Melo, ambos inscritos (a exemplo de André Carlo) para a disputa de medalhas no futebol.

Compartilhe: