TCE usa papel reciclado em postura de respeito ao meio ambiente

Seguindo uma tendência mundial, o Tribunal de Contas da Paraíba passou a utilizar o papel reciclado, que possui uma coloração mais escura, diferente da tradicional folha branca, para a impressão de quaisquer documentos. A iniciativa, segundo o conselheiro Fábio Nogueira, presidente do TCE, reflete uma preocupação do órgão com a sustentabilidade e o meio ambiente.

O uso do papel reciclado, além de ser uma postura que respeita a característica do ‘ecologicamente correto’, tem como uma das principais vantagens a redução do impacto ao meio ambiente, tendo em vista que sua produção reduz a utilização de madeiras, propiciando uma vida útil mais longa para cerca de 20 a 30 árvores.

No processo de reciclagem há, ainda, uma redução do consumo de energia a água, fator que também contribui para o meio ambiente. Não é apenas no uso do papel reciclável que o TCE demonstra uma postura ‘ecologicamente correta’. Vem-se adotando outras práticas que contribuem para a sustentabilidade.

Orienta-se aos servidores do TCE para que se imprima apenas o necessário; para a utilização de rascunhos; para que se evite a uso de copos descartáveis.

De acordo com o conselheiro Fábio Nogueira, além da utilização do papel reciclado e da mudança de comportamento para hábitos que não causem danos ambientais, outras iniciativas estão sendo estudadas para que o TCE se torne um ambiente corporativo mais ‘ecologicamente correto’.

Compartilhe: