TCE-PB é signatário de cooperação técnica que busca aperfeiçoar atividades dos TCs

O presidente do Tribunal de Contas da Paraíba, conselheiro Fábio Túlio Filgueiras Nogueira, participou do 2º Encontro do Conselho Deliberativo da Atricon, em Brasília, nesta terça-feira (2). A adesão do TCE-PB à Rede de Informações Estratégicas e ao Sistema de Avaliação de Agilidade e Qualidade foi confirmada durante o evento, através de acordos de cooperação técnica, firmado por ele e por representantes dos demais TCs brasileiros. 

O presidente do Tribunal de Contas da União, ministro Augusto Nardes, além da Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon) e do Instituto Rui Barbosa (IRB), também são signatários do acordo de cooperação técnica. 

De acordo com o conselheiro Fábio Nogueira, a Rede Nacional de Informações Estratégicas possibilitará a melhoria da eficiência e da eficácia das atividades dos TCs. Conforme explicou, isso se dará a partir da aplicação de técnicas de inteligência, com a utilização de base de dados e informações. 

O outro acordo assinado durante do encontro estabelece parâmetros, itens e critérios de agilidade e qualidade do controle externo.  O objetivo, nesse caso, é elevar todos os TCs do país a um padrão de excelência, que responda aos anseios da sociedade. 

O conselheiro Fábio Nogueira destacou que os órgãos responsáveis pelo controle externo devem estar atentos aos anseios da sociedade, que tem reagido com firmeza contra a corrupção. Dessa forma, segundo ele, é necessário que se alcancem padrões de excelência que não deixem brecha para malversação dos recursos públicos. 

O trabalho conjunto entre os TCs e o TCU, sob a supervisão da Atricon e do Instituto Rui Barbosa, segundo o conselheiro Fábio Nogueira, vai permitir o alcance dessa meta. Ele lembrou que já existem auditorias coordenadas nas áreas de Saúde e Educação, que produzem resultados satisfatórios nesse sentido.

Ascom TCE-PB – Ridismar Moraes

Em 3 de julho de 2013.

Compartilhe: