Presidente do TCE recomenda realização de levantamento minucioso nas prefeituras

18.01.2013

 

O presidente do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE/PB), Fábio Nogueira, falou em entrevista, nesta quinta-feira (17), sobre as constantes denúncias feitas pelos prefeitos recém-empossados, principalmente através da mídia, dando conta de dívidas e outras irregularidades praticadas pelos seus antecessores.

Questionado sobre o que os novos prefeitos podem fazer perante essa situação, Fábio recomendou que esses gestores realizem um levantamento detalhado das possíveis irregularidades e as enviem ao Tribunal de Contas e ao Ministério Público.

– A nossa recomendação é que se proceda um minucioso levantamento de todas as eventuais irregularidades encontradas, se possível com memória fotográfica, e que se oficie isso ao Tribunal de Contas e ao Ministério Público – explicou ele.

Segundo Fábio, esses dados serão levados em consideração pela corte do TCE quando for realizada a apreciação das contas desses gestores.

Fábio também destacou a importância do trabalho desempenhado pelo TCE, argumentando que “não se pode falar em democracia sem prestação de contas”.

Por fim, ele também falou sobre o trabalho educativo que o TCE/PB realiza com os gestores públicos, informando que um novo encontro com prefeitos, secretários e vereadores será realizado no mês de fevereiro, com o objetivo de orientá-los sobre a forma correta de prestar contas e se adequar ao que determina a lei.

– O objetivo do tribunal não é punir. Nós não temos nenhuma satisfação ao reprovar uma conta, pelo contrário, o cenário ideal que vislumbramos seria todos os prefeitos da Paraíba com contas aprovadas, porque assim teríamos um resultado lá na frente, que seria a boa aplicação dos recursos públicos – concluiu Fábio.

As informações foram repassadas pelo presidente do TCE em entrevista na Rádio Tabajara e transmitidas para várias emissoras de rádios em todo o Estado.

 

Fonte: Paraíba Online

Compartilhe: