TCE-PB elege novo quadro dirigente para biênio 2013 e 2014

O Tribunal de Contas da Paraíba elegeu, na abertura da sessão plenária desta quarta-feira (12), os novos dirigentes para o biênio 2013/2014. Todos tomarão posse de seus novos cargos em sessão extraordinária já marcada para o dia 11 de janeiro.

Em menos de 20 minutos – transcorridos desde a coleta até a contagem dos votos pela procuradora geral Isabella Barbosa Marinho Falcão – foram eleitos os conselheiros Fábio Nogueira (presidente), Umberto Porto (vice-presidente), Arthur Cunha Lima (presidente da 1ª Câmara), Nominando Diniz (presidente da 2ª Câmara), Fernando Catão (corregedor), André Carlo Torres Pontes (ouvidor) e Arnóbio Viana (coordenador da Escola de Contas)

Em rápido pronunciamento, o conselheiro Fábio Nogueira mostrou-se convicto das responsabilidades que terá pela frente. Em seguida, reafirmou o compromisso de dar continuidade às ações que já fizeram do TCE uma referência para o sistema de controle externo do País.

“Agradeço a todos pela confiança e, especialmente, ao presidente Fernando Catão que me permitiu, com grande antecedência, tomar conhecimento de toda a estrutura do Tribunal. Podemos dizer que a transição começou em junho passado”, comentou.

O Sistema Eletrônico de Tramitação de Processos e Documentos (Tramita), o Programa Voluntários do Controle Externo (Você) e o Sistema de Acompanhamento da Gestão dos Recursos da Sociedade (Sagres), iniciativas com modelos buscados por Tribunais de Contas de vários outros Estados, terão atenção especial do novo presidente do TCE.

Ele assumiu o compromisso de também dar sequência a convênios entre o Tribunal e a Universidade Federal da Paraíba. Do último deles resultou o desenvolvimento de Indicadores para Gastos Públicos com Educação (IDGPB). “Pretendo ampliar essa parceria de grande interesse para a sociedade, de modo a contemplar, ainda, as áreas da segurança e da saúde públicas”, disse.

Já em tom de despedida, o atual presidente Fernando Catão, agradeceu pelo apoio recebido dos seus pares, do Ministério Público e dos quadros técnico e administrativo do TCE.

“O Tribunal de Contas da Paraíba estará em boas e será ainda mais elevado. O conselheiro Fábio Nogueira vem, agora, com sua capacidade, sua juventude e seu entusiasmo”, observou.

 

Compartilhe: