Contas da saúde aprovadas com restrição

As contas da Secretaria de Saúde do Estado relativas ao ano de 2008,quando era Secretário o médico Geraldo Almeida foram aprovadas com restrição pelo Tribunal de Contas do Estado em sessão realizada ontem, dia 23 de maio.

As restrições se deveram a problemas com contratação de pessoal e adiantamentos financeiros feitos pela Secretaria. Ao ex-secretário Geraldo Almeida foi imputada multa de R$2.895,00 a ser recolhida aos cofres públicos.No julgamento foi considerado o montante financeiro movimentado pela Secretaria de Saúde,superior ao de muitos municípios paraibanos o que poderia ter gerado os embaraços administrativos que chamaram a atenção dos Conselheiros.

Compartilhe: