TCs da Paraíba e Roraima firmam Termo de Cooperação Técnica

Os Tribunais de Contas dos Estados da Paraíba e Roraima firmaram, na abertura da sessão plenária desta quarta-feira (15), um Termo de Cooperação para transferência de tecnologia e compartilhamento de sistemas informatizados na área de controle externo. O acordo levou as assinaturas do presidente do TC/PB, conselheiro Fernando Catão, e da representante do TC/RR, conselheira Cilene Lago Salomão.

Interessada, especialmente, no Sistema de Tramitação Eletrônica de Processos (Tramita), desenvolvido há vários anos pela Corte paraibana, ela disse que esta é uma iniciativa de vanguarda e uma ferramenta a serviço dos jurisdicionados, da celeridade processual e do acompanhamento das contas públicas. Manifestou, ainda, o desejo “do compartilhamento de experiências exitosas, entre os Tribunais de Contas”, em benefício de todo o sistema de controle externo.

Primeiro a falar na curta solenidade de assinatura do convênio, o conselheiro Fernando Catão havia expressado o mesmo entendimento. “Este é o tipo de acordo que deve imperar entre os Tribunais de Contas do País”, comentou. A seu ver, a assinatura do Termo de Cooperação também atende ao propósito reafirmado pelo Instituto Rui Barbosa (IRB), associação civil de estudos e pesquisas dos TCs, e, ainda, à prática já inaugurada pelo Promoex (Programa de Modernização Programa de Modernização do Sistema de Controle Externo dos Estados e Municípios).

Coordenadora do Programa Inovatec, do TC de Roraima, a conselheira Cilene Salomão retorna a seu Estado nesta quarta-feira, depois de uma visita de três dias à Corte de Contas da Paraíba, onde esteve acompanhada do diretor geral de Tecnologia da Informação Wilter de Araújo Cavalcante e da chefe de Divisão de Atividades Cartoriais Shirley Mara de Souza Cruz Amador.

Compartilhe: