Conselheiro Umberto Porto assume a 1ª Câmara do TCE

Na abertura da sessão plenária desta quarta-feira (07), o Tribunal de Contas do Estado escolheu o novo presidente de sua 1ª Câmara Deliberativa, cargo vago após a aposentadoria do conselheiro José Mariz, por quem vinha sendo ocupado. O escolhido, por unanimidade, foi o conselheiro Umberto Porto que teve posse imediata.

 

Prestado o juramento, o novo presidente da 1ª Câmara mencionou o curto espaço de tempo entre a posse como conselheiro do Tribunal (fato ocorrido em novembro passado) e o novo cargo que agora vem a ocupar por aclamação de seus pares, depois que teve o nome sugerido pelo também conselheiro Fábio Nogueira. Mas, agradecendo pela confiança de todos, se dispôs a aceitar o desafio e a cumprir o plano de metas já traçado para o exercício.

 

“Vossa Excelência tem a competência dos mais experimentados e é um exemplo para todos nós por sua dedicação, seu espírito público e sua conduta retilínea. De modo que seu maior desafio será o de substituir um homem da estirpe do conselheiro José Mariz”, disse Fábio Nogueira.

 

O procurador geral do TCE Marcílio Toscano Franca Filho desejou êxito a Umberto Porto e reafirmou o propósito de colaboração do Ministério Público, a fim de que a 1ª Câmara Deliberativa, agora sob novo comando, alcance o volume de julgamentos constante do Plano de Metas da Corte.

 

Umberto Porto também recebeu a saudação da Ordem dos Advogados do Brasil expressa, na ocasião, pelo advogado Johnson Abrantes. “A 1ª Câmara está entregue a um homem por todos os títulos merecedor do cargo que agora passa a ocupar”, observou Jonhson ao ressaltar, também, o caráter, a capacidade e a forma cortês como o conselheiro costuma tratar a todos.

 

Compartilhe: