Tribunal vai trazer senador Casa Grande para ciclo de debate

“Um vôo para a modernidade”. – É como o vice-presidente do Tribunal de Contas da Paraíba, conselheiro Fernando Catão, definiu o Planejamento Estratégico da Corte para o período de 2010-2014, objeto de um Ciclo de Debates iniciado na manhã desta sexta-feira (04) com a participação do consultor Luiz Gimenez, especialista de renome nacional em Tecnologia da Informação.

Destinadas a membros e quadros funcionais, essas discussões trarão a João Pessoa, no próximo dia 10, o senador Renato Casa Grande (PSB-ES), para falar, no TCE, sobre a contribuição do controle externo ao fortalecimento das instituições democráticas.

Novas exposições, em datas subsequentes, serão feitas no Tribunal pelo reitor da UFPB Rômulo Polari, pela socióloga Cláudia Costin, pelo ex-ministro do Meio Ambiente Gustavo Krause e pelo ex-ministro do Superior Tribunal de Justiça José Delgado. Cada um em sua área, eles debaterão questões jurídicas, ambientais, econômicas, sociais e político-institucionais.

Apresentado pelo coordenador da Escola de Contas do TCE, auditor Sebastião Taveira Neto, o consultor Luiz Gimenez discorreu sobre “Melhores Práticas em Governança e Gerenciamento de Serviços de Tecnologia da Informação através dos Padrões Itil e Cobit”. E logo disse a que veio: “Estamos aqui para motivá-los a quebrar paradigmas de gestão, a trabalhar com o foco em resultados”.

Em seguida, destacou a importância do Planejamento Estratégico, instrumento do qual o TCE faz uso, desde 1999, para a celeridade processual e o aprimoramento do controle dos gastos públicos. “Estou muito impressionado com o nível de qualidade daquilo que vocês já produziram”, comentou Luiz Gimenez.

Formado em Administração de Empresas e pós-graduado em Administração de Serviços pela Poli (USP), ele tem atuado em cargos de gestão e coordenação de projetos em empresas como a Petrobras, a Embraer, o Banco Itaú, a Ventura Holding, a Master Food South America e a Burger King.

Compartilhe: