TC abre ciclo de debates sobre Planejamento Estratégico

O Tribunal de Contas da Paraíba abre nesta sexta-feira, às 10 horas, na Sala de Sessões, o Ciclo de Debates com o qual pretende aprimorar a elaboração do Planejamento Estratégico de metas e ações para o período de 2010 a 2014.

Na ocasião, membros, procuradores, auditores e funcionários dos quadros administrativos ouvirão palestra do consultor Luiz Gimenez sobre “Melhores Práticas em Governança e Gerenciamento de Serviços de Tecnologia da Informação através dos Padrões Itil e Cobit”.

Formado em Administração de Empresas e pós-graduado em Administração de Serviços pela Poli (USP), o consultor Luiz Gimenez tem atuado em cargos de gestão e coordenação de projetos em empresas de grande porte. Isso inclui Embraer, Banco Itaú, Ventura Holding, Master Food South America e Burger King.

Suas atuações ocorrem nos campos do planejamento estratégico, melhoria operacional, projetos focados em negócios e resultados, redução de custos, gerenciamento técnico de help-desk, redes LAN e WAN, infraestrutura e qualidade de serviços em Tecnologia da Informação.
O PLANO – Elaborado desde 1999 e, portanto, já com dez anos de existência, o Planejamento Estratégico é o instrumento de que o TCE tem-se utilizado para o aprimoramento do controle dos gastos públicos e a celeridade processual.

A interação com o público por meio do Sistema de Acompanhamento da Gestão dos Recursos da Sociedade (Sagres), a implantação de um vigoroso banco de dados e parcerias a exemplo da que foi recentemente firmada com a Secretaria Nacional da Receita para troca de informações têm sido possíveis graças a investimentos constantes em infraestrutura de informática.

No último dia 14, quando da celebração da parceria com a Receita, o presidente do TCE, conselheiro Nominando Diniz, observou que o Planejamento Estratégico, antes concebido para períodos de quatro anos, será agora ampliado com a garantia dos dois próximos conselheiros no comando da Corte. O novo Plano, assim, conta com a coordenação direta do vice-presidente Fernando Catão e do corregedor Fábio Nogueira, ambos, nessa ordem, na linha da sucessão de Nominando.

O Ciclo de Debates do TCE terá as futuras participações do ex-ministro do STF José Delgado, do ex-ministro do Meio Ambiente Gustavo Krause, do senador Renato Casa Grande, da socióloga Cláudia Costin e do reitor da UFPB Rômulo Polari. Cada um em sua área, eles debaterão questões jurídicas, ambientais, econômicas, sociais e político-institucionais.

Compartilhe: