Sessão do TC tem apenas uma reprovação de contas

O Tribunal de Contas do Estado emitiu parecer contrário à aprovação das contas de 2006 do prefeito de Nova Olinda Francisco Rosado Silva, a quem imputou o débito de R$ 26.200,00 por gastos excessivos com locação de veículos e remuneração recebida em excesso, conforme entendimento do relator Fábio Nogueira, cujo voto foi acompanhado por unanimidade, na sessão plenária desta quarta-feira (24).

Tiveram as de 2006 aprovadas pela Corte os prefeitos de Passagem (Agamenon Balduíno da Nóbrega), Ibiara (Nailson Rodrigues Ramalho) e Duas Estradas (Roberto Carlos Nunes). E, também, as Câmaras Municipais de Livramento, Teixeira, Bom Sucesso, Olivedos, Gurinhém e Borborema.

O Tribunal aprovou, igualmente, as contas de 2007 do Fundo de Desenvolvimento do Estado (Fundesp), assinadas pelo gestor Raimundo Tadeu Farias Couto, e adiou, a pedido dos respectivos relatores, o julgamento dos processos relativos às prestações de contas da Secretaria Estadual de Infra-Estrutura (exercício de 2005), da Loteria do Estado (2006), do ex-prefeito de Pombal (Jairo Vieira Feitosa, já falecido) e dos atuais prefeitos de Manaíra (José Wellington de Almeida Sousa) e Igaracy (Jucelino Lima de Farias), todas de 2006.

Compartilhe: