TC analisa proposta da FGV para Curso de Especialização

O Tribunal de Contas do Estado vem mantendo entendimentos com a Fundação Getúlio Vargas (FGV) para a realização do Curso de MPA Controle Externo destinado a um grupo de 40 de seus servidores. Autorizada pelo conselheiro-presidente Arnóbio Viana, a Diretoria Geral do TCE iniciou a análise da proposta encaminhada, neste sentido, pela FGV.

O curso em questão tem carga horária de 40 horas-aula, proporciona sólida formação para profissionais na área de Controle Externo e já é ministrado para turmas do Tribunal de Contas da União e dos TCs do Rio de Janeiro, Distrito Federal, Paraná, Pará e Mato Grosso.

Com níveis de pós-graduação e especialização, o Curso de MPA em Controle Externo integra movimento iniciado em 1995, quando, em parceria com o TCU, a Universidade americana Virginia Polytechnique Institute e a National Academy of Public Administration dos Estados Unidos, a Fundação Getúlio Vargas implantou o Projeto de Capacitação em Avaliação de Programas Públicos. Inaugurava, assim, nova dimensão na atuação do TCU, voltada para o desenvolvimento dos métodos necessários à avaliação da efetividade de programas e projetos governamentais.

O quadro de profissionais que integram o programa MPA em Controle Externo inclui professores do quadro da FGV diretamente envolvidos com os temas-chave e, portanto, com experiência há muito acumulada.

Compartilhe: