Contas de Esporte e Lazer vão para 27 de fevereiro

O Tribunal de Contas da Paraíba adiou para 27 de fevereiro o julgamento das contas de 2004 do ex-secretário de Esporte e Lazer do Estado Fabiano Carvalho de Lucena.

Até lá, a Corte deve ter em mãos o resultado de perícia grafotécnica requerida, em preliminar, pela defesa do ex-gestor, para quem é autêntica a assinatura da presidente da Associação dos Amigos do Judô em documento comprobatório do recebimento de quimonos doados pela Secretaria. A autenticidade é negada pela dirigente da Associação, Rimídia Oliveira Nogueira Vieira. O processo tem a relatoria do auditor Marcos Costa, substituto de conselheiro.

Despesas não comprovadas com serviços contábeis e advocatícios levaram o TCE a reprovar as contas de 2005 do prefeito de Bom Jesus, Evandro Gonçalves de Brito, a quem imputou o débito de R$ 132,7 mil.

Tiveram suas contas aprovadas na sessão plenária desta quarta-feira a prefeita de Quixaba (Marli da Silva Candeia, exercício de 2005), o prefeito de Bernardino Batista (José Edomarques Gomes, 2006) e as Câmaras Municipais de Aparecida e Boa Vista, também de 2006.

Compartilhe: