Começa 2ª fase do VOCE em Cabedelo

A coordenação do Programa Voluntários do Controle Externo (VOCE), iniciativa do Tribunal de Contas do Estado em favor do controle social dos gastos públicos, promove, nesta terça-feira (11), em Cabedelo, o lançamento da segunda fase do treinamento das pessoas que ali se encarregam da inspeção às Unidades Básicas de Saúde.

Depois de orientados pela equipe do TCE, esses voluntários (gente com idade superior aos 50 anos) estarão preparados para verificar a solução de falhas por eles inicialmente apontadas na primeira fase do Programa.

A insuficiência de médicos e enfermeiros, a falta do cumprimento integral do expediente nas Unidades de Saúde, a de instrumentos, equipamentos e materiais necessários à realização de curativos e, ainda, a de segurança nos postos médicos constituem falhas comumente anotadas nos municípios aonde os voluntários já atuam.

A segunda fase do VOCE, programada para Cabedelo, servirá para que se verifique o cumprimento do Pacto de Ajuste de já celebrado entre o Tribunal e a Prefeitura Municipal. A assinatura desse termo de compromisso entre o prefeito José Régis e o presidente da Corte Arnóbio Viana, deu-se em 10 de agosto passado.

Idealizado pelo conselheiro Arnóbio Viana, o VOCE, que já atua nos municípios de Cabedelo, Patos, João Pessoa e Campina Grande, busca não apenas o aprimoramento desses serviços, mas, ainda, a valorização e dignificação das pessoas da chamada terceira idade, conferindo-lhes cidadania. Este programa desperta, também, as atenções do Tribunal de Contas do Pará, desejoso de conhecê-lo.

Em João Pessoa e Campina, o VOCE vem contando com a adesão do Serviço Social do Comércio (SESC), organismo que dispõe de larga experiência com programas comunitários executados, muitas vezes, com a participação de pessoas idosas.

A parceria em questão prevê o aproveitamento de integrantes do chamado Grupo de Visitas do SESC em ações de fiscalização às condições de funcionamento das Unidades de Saúde Básica de Saúde.

Segundo a coordenadora do Programa, Marilza Ferreira, os treinamentos do VOCE permitem aos voluntários o conhecimento de informações relacionadas, principalmente, às seis ações básicas de saúde previstas no SUS.

Em Patos, o lançamento do programa contou com a adesão da Igreja, expressa na convocação do bispo Dom Manoel dos Reis de Farias às pessoas da Terceira Idade, justamente aquelas que mais necessitam das ações de saúde pública. Ali, vários padres também estimularam a adesão de idosos ao VOCE, ora em sermões, ora em contato direto com a população.

Lançado, primeiramente, em Cabedelo, em junho passado, este é um projeto único e modelar no País. Por sua importância, o setor de saúde é o primeiro a merecer o acompanhamento dos Voluntários do Controle Externo.

Depois de orientados pelo TCE, eles passam a verificar o atendimento pelo SUS, o funcionamento do Programa de Saúde da Família, as campanhas de vacinação e as ações dos agentes comunitários.

Compartilhe: